O Cavaquinho e a sua musica que deu volta ao mundo

By : Setembro 11th, 2020 Tradições 0 Comments

Hoje vamos falar de um instrumento tipicamente português que teve grande difusão em muitos países como as Hawai e o Brasil: o cavaquinho.
Parecido a uma guitarra mas de pequenas dimensões, com quatro cordas, este instrumento é muito usado na musica popular e ligada ao folklore.

 Existem atualmente em Portugal continental dois tipos de cavaquinhos, que correspondem a outras tantas áreas: o tipo minhoto e o tipo de Lisboa.

É sem dúvida fundamentalmente no Minho que o cavaquinho aparece hoje como uma espécie tipicamente popular, ligada às formas essenciais da música característica desta província.

O cavaquinho é um dos instrumentos favoritos e mais populares das rusgas minhotas partilhando com elas, e com o género musical que lhe é próprio, um carácter lúdico e festivo do qual se excluem outros usos cerimoniais ou austeros. Usando-se sozinho, com função harmónica e para acompanhamento do canto, o cavaquinho aparece frequentemente acompanhado pela viola ou outros instrumentos – para além de alguns instrumentos a percussão  como o tambor.

As dimensões do instrumento diferem pouco de caso para caso, não excedendo os 52 cm de comprimento total num exemplar comum. A altura da caixa é o elemento menos constante – com 5 cm na generalidade dos casos -, embora apareçam com frequência cavaquinhos muito baixos, que têm um som mais gritante. 

O cavaquinho existe também nas ilhas portuguesas e em outros países que tiveram contacto com Portugal em momentos diferentes da sua historia.

Relativamente à sua expansão geo cultural, o cavaquinho parece constituir uma espécie fixada entre nós primordialmente no Minho, de onde irradiou para outras regiões – Coimbra, Lisboa, Algarve, Madeira, Açores, Cabo Verde e Brasil.

Desse modo, o cavaquinho ter-se-á difundido na Madeira por mão do emigrante minhoto. Longe do seu foco de origem e da sua tradição mais castiça, ele modifica a sua forma por influência e associação a outras espécies ali existentes, conservando o seu carácter popular mas adquirindo um novo status mais elevado na cidade do Funchal.

Será assim que ele regressa ao Continente, Algarve e Lisboa, em mãos de gentes dessas áreas que o conhecem ali apenas sob esse aspecto. O mesmo poderá ter acontecido com o Brasil; embora aí seja também de admitir o estabelecimento de relações diretas entre a Madeira e esse país.

O cavaquinho no Brasil, figura em todos os conjuntos regionais de choros, emboladas, bailes pastoris, sambas, ranchos, chulas, etc., com carácter popular mas urbano.

O cavaquinho existe também em Cabo Verde, num formato maior do que o do seu congenere português ligado às formas tradicionais da música local.

Nas ilhas do Hawai existe um instrumento igual ao cavaquinho – o «ukulele» – que parece ter sido para ali levado pelos emigrantes portugueses em 1879. Tal como o nosso cavaquinho, o «ukulele» havaiano tem quatro cordas e a mesma forma geral.  

A navegação portuguesa também levou o cavaquinho para a Indonésia. A sua adaptação local ganhou o nome de kroncong, nome também dado a um estilo musical com influências do fado e criado no século XVI. 

E agora que conhecem mais da historia deste instrumento, está na hora de aproveitar da sua musica!

https://youtu.be/cpwqJFhy-uk 

»
«

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *